Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mar do Deserto

Um pequeno pássaro me disse
Que uma flor se encontra solitária
No mar de rosas e jasmins.
Entre alegrias e prosas
É a única que se encontra melancólica.

Mas quis o destino
Que nesse jardim eu entrasse.
E, dessa maneira, encontramo-nos.
Perdido no meio do deserto
Achei um mar onde poderia afogar-me

Tudo o que eu queria
Estava ao alcance das minhas mãos.
Suas mãos ao alcance das minhas
Pareciam um convite ao cálido amor,
Onde saciarei a minha vontade de viver
Ao teu lado até que toda a eternidade tenha desvanecido.

Ainda que não queiras,
Meu coração a ti pertencerá
Ó Bela desconhecida,
Que arrematou meu coração
Sem dó nem piedade.
Tu és minha musa e inspiração
E assim será por toda a eternidade.
Carioba
Enviado por Carioba em 26/09/2007
Código do texto: T669010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Nome do autor e link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carioba
São Carlos - São Paulo - Brasil, 34 anos
14 textos (609 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:46)
Carioba