Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma desnuda

Desnudou a alma,
e se viu tão calma;
pronta prá amar,
se entregar...
Desistiu do mundo,
e bem lá no fundo,
ela só quis falar...
Disse só bobagens,
só contou vantagens
prá valorizar....
Debochou da vida,
e assim, ferida
quis se afirmar.
Destrancou a porta
Mas... já não importa,
ele não quis entrar...
Então ficou muda,
c'o alma desnuda,
sem poder chorar...

(poesia "online" mote dia 26/09/2007)
Mara Regina Weiss
Enviado por Mara Regina Weiss em 26/09/2007
Reeditado em 26/09/2007
Código do texto: T669108
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mara Regina Weiss e o site marareginaweiss.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mara Regina Weiss
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
405 textos (30356 leituras)
1 áudios (100 audições)
22 e-livros (2824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 19:19)
Mara Regina Weiss

Site do Escritor