Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANHÃ DE OUTONO



Era uma manhã,
uma triste manhã de outono,
as folhas secas caindo,
e o céu, cor cinza chumbo.


O chão seco, umidecido
pela densa neblina,
pairava sobre os ares
da cidade e arredores.


Corro até a estação,
vejo o trem partindo,
ao longe vai sumindo,
e meu coração consumindo.


O brilho dos meus olhos,
pela estrada se perdeu,
pois eram iluminados,
pelo brilho dos olhos seus.


Retorno, caminhando devagar,
meu semblante se retrai, 
é constante o abandono,
nessa manhã de outono.


Rosely B. de Souza - 25/09/2007



.

Flordelizzzzzzzz
Enviado por Flordelizzzzzzzz em 26/09/2007
Reeditado em 26/09/2007
Código do texto: T669437

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flordelizzzzzzzz
Suzano - São Paulo - Brasil
44 textos (3239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:42)
Flordelizzzzzzzz