Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

És tu...


Sei que te pertenço, como tu a mim pertences …
Mas não quero confiar num sonho que concebi para mim,
Muito antes de te saber meu.
O temor que sinto faz-me recear cada beijo, cada enleio,
Cada palavra, cada instante em que me dou…
Estás a tornar-te a droga de que necessito para sobreviver,
O ar que me permite respirar, a luz que ilumina a minha vida,
Tão turvada pelo sofrimento passado.
Adoro a forma como me vês,
E gostava de me olhar através dos teus olhos,
Para conseguir estar certa de que o meu sonho é, afinal, real.
Antecipo o futuro nos teus olhos, no teu dito, no teu corpo,
Que me dizem que serás, para sempre, meu.
Antecipo a minha vida ao teu lado,
Mas precipito-me ao adiantar o futuro,
Porque sei que nada é certo no ser humano.
Sinto segurança nos teus gestos,
Amor nos teus lábios,
Ternura enquanto danças no meu pensamento.
E, assim, tento viver o presente ao teu lado,
Desafiando a dúvida, o dia de amanhã,
Os teus secretos desejos, o que jaz além do teu querer.
Desafio a vida a mostrar-me que não és o tal.

26 de Setembro de 2007

Vera Lorena
Enviado por Vera Lorena em 26/09/2007
Código do texto: T669823

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Lorena
Portugal
31 textos (931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 12:59)
Vera Lorena