Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PANTAMINAS

Ele vive entre montanhas,
Ela brilha em belas planuras.
Violeiro, canção nas entranhas,
Pantaneira de lutas duras.
Ele tem na voz toda a emoção,
Ela, no olhar, a pura razão.

Caipira de raça, das matas.
Peita a vida, luta com gana.
Ela lê o futuro nas cartas,
Lê o baralho, é cigana.
Ele indócil, e ela serena
Dizem, juntos, que amar vale a pena.

Nas alterosas ele sonha
Em corixos com ela entrar,
Os reis da floresta medonha,
Ela é a onça e ele o jaguar.
Que nesse lugar encantado
Seu amor será consumado.

Violeiro vindo das Gerais,
Cigana-deusa do Pantanal.
Ele canta, em versos, seus ais
E ela dança. Sensacional!
Ele pega a viola e ponteia
E ela a cintura bamboleia

Sina feita de duas sinas.
Pantaminas!
Júlio Marques
Enviado por Júlio Marques em 27/09/2007
Reeditado em 13/11/2012
Código do texto: T670275
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júlio Marques
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
88 textos (10998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:17)
Júlio Marques