Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU DOCE AMOR

AMOR QUE VEIO DE LONGE
QUE SENTIR COMO O VENTO
NO LEVE TOQUE DO MEU PENSAR
TUA BOCA, TUA PELE, TEU CHEIRO

TUDO É TÃO REAL!
QUE SE PÕE ACIMA DO BEM E DO MAL
ESSA AMOR MADURO, ÉS MEU PORTO SEGURO
ONDE DEBRUÇO TODO O MEU PESAR

VOCÊ QUE VEIO NA HORA CERTA
 NÃO TEM PRESSA VEM ME DOMINAR
NÃO É TEU CORPO QUE ME AQUECE
NÃO SÃO TEUS BEIJOS QUE ME ENLOUQUEM

É A CERTEZA QUE TENHO QUE TENHO VOCÊ,
QUE QUANDO SE APRÓXIMA
MEU CORPO VIBRA FAZ TUDO AO MEU REDOR
MAIS ILUMINADO SER, ESSA BOCA QUE ME INVADE
SEM SE IMPORTAR SE ESTAMOS OU NÃO EM MEIO A MULTIDÃO

TOCA MEU ROSTO, TOCA MEU CORPO
ARREPIAR TODO MEU SER
ME TRAZ A VIDA QUE ACHAVA PERDIDA
MESMO COM ARTES DE MENINA
ME FAZ SENTIR MULHER.
Bárbara Guedes
Enviado por Bárbara Guedes em 27/09/2007
Código do texto: T670875

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bárbara Guedes
Salvador - Bahia - Brasil, 39 anos
17 textos (1623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:15)
Bárbara Guedes