Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Negra

Rosa, flor,
vermelha como paixão.
Rosa, amor,
encontro, beijo, declaração.
Achei.
Rosa negra, meu coração.
Expressão de amor imenso,
oceano de cumplicidade,
firmamento, confiança total,
muito além da nudez corporal,
que une como dois,
como um só.
Passa o tempo, vividos,
como juntos nascidos.
Passa o tempo, desabrocha.
O amor te renova.
És de novo botão.
Se a morte, de mim, não te separa,
a separação, de ti, me mata,
faz doer a solidão.
O amor foi a semente,
não existe outra igual.
Passa a nuvem turva,
brilha o sol, ilumina,
banha, beija a tua cor.
Venha a lua, venha depressa.
Rega, orvalho, rosa negra,
Amanhecer de novo,
minha vida, minha flor.



Este texto faz parte da coletânea Alma Nua de Ivo Crifar, pela editora Baraúna.
Ivo Crifar
Enviado por Ivo Crifar em 27/09/2007
Reeditado em 03/10/2011
Código do texto: T671359
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ivo Crifar, Alma Nua, editora Barauna, 2009). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivo Crifar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
231 textos (13905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 06:45)
Ivo Crifar