Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
GRAFITE


Olha a nostalgia do céu
rompida pelo chicotear dos relâmpagos
grafitando o firmamento de luzes
a colorir devaneios na geometria da vida
Seria apenas um dia cinzento
se não fossem grafitando sulcos de amor
nos caminhos pisados
que leva ao encontro da aurora
nas velas do tempo
Delicada em seu traço forte
a tinta aclara o verso de uma grafiteira
a estampar sorrisos nos lábios sensuais
Sem rodeios, é a musa do mirar maroto
à espera da música
que embala nossos sonhos
na tepidez dos ternos aconchegos
A saudade do teu traço
fica o tempo todo passando
e passa o tempo todo luzindo na retina
dos meus olhos.
Paulo Avila
Enviado por Paulo Avila em 28/09/2007
Código do texto: T672833
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Avila
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
383 textos (163526 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:56)
Paulo Avila