Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo de Pesca


Sou um rio sem ponte
De águas profundas,claras,marcantes
Abrigo em meu peito,diversidade de sentimentos
Como a água que sacia,refresca,suaviza
Em sua escuridão
Resguardo o mistério que é só meu
Somente partilho
Com quem nas mesmas profundezas se perdeu
O reflexo que a luz da noite paira na superfície
É reproduzido somente por único olhar
Trago em meu espírito o que me faz sobreviver
Não duvide,posso sufocar
Com minha própria capacidade de amar
Mas é tempo de pesca
E entrego meus peixes à rede que melhor me fisgar
Dessa fome que vou saciar
Posso ao menos te contar
Que seja sobre o verbo que eu quiser conjugar
Mas cada pescador traz em sua bagagem
Um jeito ímpar de tratar
Quantas vezes ainda me confundo
E insisto em me deixar levar
Daí no céu,brilha o sol
Iluminando o rio bem devagar
Hora exata pra mim
Aquela que me faz acordar
E de alguma maneira faço a corda trançada
Da rede traiçoeira estancar
Liberdade para os meus peixes
Nada de enganar e
Meu coração aprisionar
Deise Teixeira de sousa
Enviado por Deise Teixeira de sousa em 28/09/2007
Código do texto: T672899

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.site do autor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deise Teixeira de sousa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
8 textos (171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:34)