Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUITO MAIS TE AMO AINDA...

Quem és tu, poetisa dos lábios  nacarados,
que em lamentos cantas versos compassados
nas estrofes de um poema tormentoso!
Por que tu!alma vive em noite mergulhada?
Ah! abra o coração à manhã ensolarada,
e receba a alforria deste amor misterioso!



Que me  importa estas tantas que te afetam,
se como dizes,são teus braços que me ofertam
este calor que se esfria e se acovarda?
Abra teu peito ao sentimento mor do infinito,
pois que não há, no mundo, amor proscrito,
e nem paixão que se alcunhe de bastarda!

 

Não! Não há complexidade e nem mordaça,
quando o amor  nosso destino traça
e a dor de uma paixão se torna infinda!
Mas, ainda que este amor seja contenda,
ao me dizeres que ele anda em tua senda,
Digo eu que muito mais te amo ainda!

 

Nelson de Medeiros

04.11.2005

 

Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 04/11/2005
Reeditado em 20/11/2005
Código do texto: T67376

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
493 textos (66375 leituras)
11 áudios (2996 audições)
1 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:17)
Nelson de Medeiros

Site do Escritor