Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTASIA

Posso materializá-lo a cada instante
que quiser, tocá-lo
Sentir sua pele
Acariciar seus cabelos que são meus.

Posso segurar seu rosto entre mãos
Trazê-lo lentamente junto ao meu
Com lábios sedentos enlevá-lo
Num molhado beijo
Ao país de minha imaginação.
Poder só meu.

Colar meu corpo ao seu
Esfregá-lo longamente
Despudorada e louca
Trazendo-o inteiro e forte pra mim.
Roçar de delícias e delírios
Só meu.

Rolar com você pelo chão imundo
Trazendo de novo ao mundo o amor
Exorcizando solidão.
Viajar com você para além de tudo.
Somos só eu.

Lamber seu sexo no pico do som
Trânsito excitado em fronteira de loucura
Fantasia nua no mundo.
Seremos só meu.

Explodir em todo o quarteirão a força desse orgasmo,
Megatons de amor a contaminar os homens
Salvação de um planeta que agora
É só meu.

Não posso porém
Eternizar o momento, permanência.
Sobreviver apenas da energia desse amor.
Não posso deixar de perdê-lo
Vencida que fui pelo destino
Que não é meu.

[TEXTO PROTEGIDO POR REGISTRO]
Anália Maia
Enviado por Anália Maia em 06/11/2005
Reeditado em 10/11/2005
Código do texto: T67942
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anália Maia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
12 textos (660 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:20)
Anália Maia