Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR EM DEVANEIOS

Sinto receio desse amor confuso
Saudade imensa que tua ausência traz
E ainda assim esse tormento uso
Criando versos por te querer demais.

Simples testemunho da ternura
De um singelo romântico sonhador
Muito distante do lirismo que flutua
E consagra o brilhante escritor...

Quero apenas registrar para história
O sentimento que minha vida norteou
Para que o tempo não apague a memória
O que por ser tão belo nem ele acreditou.

Meu legado é a poesia mal escrita
Sem a métrica que destaca o trovador
Mas que para mim é sempre tão bonita
Porque fecunda de um eterno amor.

Amor que se enternece com um sorriso
E faz dueto com pássaros ao alvorecer
Que brinca com as estrelas do infinito
Singrando mares só para ti ver.

Vigília em longas noites solitárias
Paixão que rouba o sono reparador
Excitação permanente e imaginária
Desejo de possuir meu grande amor.
 
Por tudo isso revelo em poesia agora
Todos os sonhos que tive sem viver
Devaneios que minh'alma aflora
Sem poder um só minuto te esquecer.




Protegido pela Lei 9.610 de Direitos Autorais.

Site do autor.

www.LuzdaPoesia.Com
FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 05/10/2007
Reeditado em 08/04/2010
Código do texto: T682420
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26788 leituras)
7 áudios (1514 audições)
8 e-livros (333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:06)
FalcaoSR