Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Até que você apareceu...

Sozinha, a vida vai perdendo o sabor, eu sei
Um filme começa a rodar na cabeça com hora e lugar
Para lembrar
Conheci alguns conhecidos que vêm e vão
Não bons o bastante para mudar o meu curso, o meu rumo, a minha rota
Mas você apareceu
E mudou tudo aquilo que eu achava ser certo para mim
Eu aprendi a dividir, a doar-me por alguém
Que valesse a pena apostar
Ninguém valia um vintém para gastar
Joguava o dado e me perguntava: Em quem confiar?
Era assim até que você apareceu
E mudou tudo aquilo que eu achava ser certo para mim
Eu aprendi a dividir, a doar-me à você.
Poetisa da Noite
Enviado por Poetisa da Noite em 06/10/2007
Código do texto: T682667

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa da Noite
Santos - São Paulo - Brasil
133 textos (11183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:31)