Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Infinito Amor

Numa noite sombria
Minha alma sofria,
Por teu amor negado,
meu coração doía;

Amor meu, anjo meu,
Quero apenas ser teu;
Deleitar-me em teus lábios,
Recitar-te os sábios;

Amar-te é minha sina,
Devotar-me ati,
Minha única alegria...

Um amor incondicinal!
Já vistes amor como tal?
Amor infinito, mental...

 
Angelo Ferreira
Enviado por Angelo Ferreira em 06/10/2007
Código do texto: T683153
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Angelo Ferreira
Bofete - São Paulo - Brasil, 33 anos
11 textos (449 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:37)
Angelo Ferreira