Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor de Leon e Ceci

Oh, encantada que mora no Nirvana
E suas delícias e belezas a mim emana!
És o prêmio, a vitória, a recompensa!
Rainha majestosa na minha presença!

Qualidades, frutos de suas virtudes,
Plasmadas na beleza de suas atitudes!
Emoções humanas, sentimentos Divinos!
Expressados por ela são como Hinos!

Irradiam melodia mais que perfeita
Para meu Ser amado que se deleita
Em êxtase, em inspiração, em glória,
Plasmando em rimas nossa história!

Seu mais puro e doce carinho vem
Decorar esta mágica cena também!
Curando as mais insolúveis amarguras!
Transformando dores em ternuras!

Suas mãos delicadas quando passeiam,
À minhas carências elas se norteiam!
Seus lábios melosos aos meus mapeiam,
As emoções maiores pleiteiam!

Seus olhos verdes dão as mãos ao meus.
Juntos alcançam o Olimpo de Zeus,
Caminham em passos lentos por jardins!
Atraem ao redor os mais lindos querubins!

No fio invisível de nossos olhares...
Percorremos todos os belos lugares...
Do leste, oeste, sul e do norte!
Confiamos nossas vidas até a morte...

Somos metal fundidos na mesma liga,
Da Paz nós dois juntos somos a viga,
Da força e amor, somos as colunas,
Mas na harmonia são eternamente unas!

Na firmeza e aconchego de nosso abraço,
Forjamos nossa segurança, como o aço,
Que suporta a tudo com sua dureza,
E mantém ainda o esplendor de sua beleza!

Ceci quando em carícia me conduz,
Sua brandura amorosa me reluz,
Meu corpo confiante entrego e levita,
Recebe o equilíbrio que tanto necessita!

Ceci quando derrama todo seu amor,
Com a suavidade e perfume de uma flor,
Delicada, atenta, olhar de mulher serena,
Às nossas Almas alcançam felicidade plena!

Minha menina, solta, quando veste mulher,
Feminina, docemente sabendo o que quer,
Segura em minhas mãos de forma cabal,
Ambos assumimos o mesmo papel igual...

Ambos somos feminino e masculino totalmente,
Cada um em igual peso: coração e mente,
Sentimento areja a nossa consciência,
Razão sustenta-nos com ciência...

Ceci, que o milagre do Amor domina.
De jóias e virtudes é a melhor mina...
Sorrindo, ao meu Ser diretamente alcança!
Seus movimentos, aos meus olhos uma dança!

Entre as mais belas do mundo é inclusa,
Aos meus versos é a minha musa!
Mesmo quando as lágrimas assume,
Mantem-se linda, no mais alto cume!

Cansada no final de uma batalha,
Seu sorriso animador não falha!
Mesmo quando na dor ardia,
Seu sorriso escondeu a dor com alegria!

Minha vida na sua é mais que completa!
De doçura, sintonia e alegria está repleta!
Ceci, benção da minha existência!
Me intera com toda veemência!

Ceci, você sabe que o meu amor é sem fim,
Tem a clareza de seu amor por mim...
Então ajoelhamos e nos dobramos no chão...
Agraciados, agradecemos ao Pai em Oração!

Se você conseguiu sentir o amor de Leon e Ceci, conheça a linda e singela oração que fizemos juntos:
Se Jesus... - clique aqui
Leon del Bargo
Enviado por Leon del Bargo em 06/10/2007
Reeditado em 31/01/2008
Código do texto: T683631

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e seu email leondelbargo@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leon del Bargo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
204 textos (12744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 07:54)
Leon del Bargo