Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Verdade?


A mentira da verdade
Era aquela que dizia displicente
Que tudo era possível,
A um ser vivente,
E que seria fácil prosseguir sem ti.
A mentira da verdade
Era enrustida...
Porque verdade é, que segue a vida
Mas nada assim tão brando...
Tudo agora vai pesando...corre lento
Como se muda, me faltasse um argumento.
Segue a lida irreverente
Agiganta-se aqui o amor perene
E a mentira da verdade cai por terra:
Viver sem ti é só seguir em frente
É lutar ardentemente com o inverossímil
Que responde irônico e certeiro
Toda vez que ante o espelho
Retorno questionando incoerente:
Será que acordo um dia, desse pesadelo?
Sônia C Prazeres
Enviado por Sônia C Prazeres em 06/10/2007
Código do texto: T683810

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sônia C. Prazeres www.soniaprazeres.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia C Prazeres
Santos - São Paulo - Brasil, 60 anos
178 textos (8572 leituras)
15 áudios (1757 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 00:32)
Sônia C Prazeres