Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flores azuis

Mas se me dizes
Que sou sol
Sem sentir-me quente
Torna-me tua.
Em desejos e realidades
Tenho os olhos fixos em ti.
Minha órbita, teu cheiro
Satélite e planeta
Passarinho e ninho
Mel e abelha.
Caminho, procurando seus braços
Numa via de pedras claras
E flores azuis.
Bancos de praça
Arrebol perfumado.
Sua mão na minha
- ópio em meu sangue
Amor entorpecido entre as estrelas
Que decoram meus dedos, nos meus anéis.
Valéria Britto
Enviado por Valéria Britto em 08/10/2007
Código do texto: T685683

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Britto
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 44 anos
78 textos (4058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 16:03)
Valéria Britto