Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despida de mim

Pulsam rapidamente as letras
No meu corpo
Ansiosas aguardam ouvir a tua voz.
Latejando em minhas têmporas
Estão todos os beijos que hei de dar-te.
Madrugada solitária entre os lençóis
Minhas mãos repousam na caneta
Esperando o despertar
Das palavras que dormem entre as linhas da poesia.
Sinto queimar-me o desejo
De ter-te, de possuir-te e de ser tua.
Estrelas luzidias
Vento frio pela janela
Encontra-me nua a tua alma
- despida de mim –
Esperando o repouso do teu peito no meu
Dos teus sonhos nos meus olhos abertos.
Escrevo para trazer-te
Pois que teus olhos distantes
Fitam a noite,
Avizinhando a aurora cor-de-rosa
Que afasta a nuvem da saudade.
Valéria Britto
Enviado por Valéria Britto em 08/10/2007
Código do texto: T685692

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Britto
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 45 anos
78 textos (4059 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:26)
Valéria Britto