Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO TE AMEI

Autor: Abo
Uma só vez eu te vi,
E fiquei absorto te contemplando...
Como vi este amor nascer e crescer;
É duro, foi uma visão.
Tive medo de ti
E tive medo de mim...
E fui te evitando...
Tudo em vão, no entanto,
Permanecia aquela visão.
Sem poder te evitar mais,
Contigo ficava eu sempre vagando,
Desperto, - tu nunca saíste do meu pensamento;
Quando delírio
Grito mais
Quanto amor,
Quantas vezes
Em espírito acorrentei-me
Em seus braços fortes
Quantas vezes,
Em soluços
Ocultei de ti tão grande dor
E quantas vezes vencidos
Pedi a própria morte...
Às vezes,
Como se olhos parados no infinito,
Vi teu vulto me contemplar,
No vácuo do invisível.
O coração pulsar mais forte,
Que a vida e o pensamento,
Neste amor louco, testurante e inveneravel;
Depois de cansado da luta virem o pranto.
Abatido,
Quase por terra ia a busca de Deus.
Subindo alto no coração,
Perdia-me no firmamento,
Em vez de Deus,
Anotava ainda os olhos teus...



ABO
Enviado por ABO em 08/10/2007
Código do texto: T686239

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ABO
Ariquemes - Rondônia - Brasil
130 textos (4491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 10:19)