Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

saudade

não sei definir saudade...
ora penso que é uma dor
ora penso que é um consolo
para aclentar nosso amor
nas horas tristes
que fico longe de ti
mergulhada em minhas lembranças
tão vivas,tão presentes
que chego a sentir
o cheiro do teu corpo ausente
fico arrepiada...
como se estivesse a me beijar
e essa saudadeque não sei explicar
me transporta para os teus braços
que me apertam tão junto de ti
sentindo o teu suor no meu corpo a deslizar...
envolvida nesses sonhos
sinto tua boca me beijar
palavras de amor a me sussurrar
teus olhos fixos nos meus
me entrego...me deixo dominar...
e ao perder minhas forças
tudo o que quero é te amar...
não importa se o meu corpo vai tremer
pois sei que vais me segurar
e ao me fazer tua mulher
vais te apossando de mim
como se quisesse me devorar
e num desejo louco
nossas mãos percorrem
os mais lindos caminhos
que só o nosso amor sabe encontrar
e assim entregues um ao outro
sem pressa,sem medo
numa magia plena
agora numa sintonia bem serena
deixamos toda a paixão aflorar
saudade...
ah,essa saudade que não sei explicar...
que dói tanto,que judia da gente...
e ao mesmo tempo me faz contente
por saber que apesar das horas serem lentas
e que  os dias demorem tanto a passar
mesmo assim,vale a pena te esperar!
                                                 nereida fogaça
nereidinha
Enviado por nereidinha em 09/10/2007
Código do texto: T687235

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
nereidinha
Guaíba - Rio Grande do Sul - Brasil
46 textos (1816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 10:55)
nereidinha