Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poder do Amor

Por amor, por amor.. por mim e meu amor...
As  tuas forças perdeste, a tua vida parou..
Não podias suportar mais, o medo, a dor..
De eu duvidar do que teu coração sonhou..

Oh amor, meu amor, meu mago tão amado..
Com que desespero me chamaste, me atingiste,
Ainda não acredito, não consigo até hoje, crer...
Em como te magoei, fiz sofrer....quase morrer....
Em tudo que fiz por medo, pavor, de te perder...

E quase consegui...quase consegui...meu amor...
Os teus apelos desesperados, as tuas juras de amor...
Como me fizeste sentir, oh nunca, nunca vou esquecer...
Amada assim, até quase morrer...por mim...minha dor....
Oh nunca vou esquecer...nunca até depois de morrer...

E o mesmo amor que quase te mata...assim te salva...
Renasces por mim...para mim...por meu sofrido amor...
Teu remédio e cura, meus poemas de amor, e paixão...
Os mesmos que quase te tiram a razão...te devolvem a emoção...
De me amares...de a tua vida me dares...amor, oh amor...

Nunca, nunca vou esquecer...para sempre te pertenço...
Te quero, te amo, és meu, sou tua...sempre meu amor...
Aqui, agora, ou no futuro, até noutra vida, na eternidade..
Sempre serei a tua querida, a única a mostar-te a felicidade
A que te ama, te espera, te deseja, com paixão, ansiedade...
A que te sempre te esperará mesmo com a dor da saudade....
Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 08/11/2005
Código do texto: T68763

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 60 anos
243 textos (32126 leituras)
3 áudios (178 audições)
5 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:59)
Fada das Letras