Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BALBU(CIO)

A palavra cuspida
como um caroço
de jabuticaba
acaba
no chão de teu ouvido

Nós na balbúrdia
somos só escárnio

Mordes minha carne
e o que posso fazer?

Clara, tua cara
mascara o caro prazer
que me proporcionas

Cem moedas de ouro
te cobrem o couro
e tua vagina
queima os meus dedos

Quem somos
se queimamos
de lúbricas vozes
no pé do ouvido?

Detesto se me testas
os testículos
com dedos e unhas
cruéis
e vorazes

É o amor
que mexe com minha cabeça
e me deixa
assim?
James Vidal
Enviado por James Vidal em 11/10/2007
Código do texto: T690007

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (James Vidal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
James Vidal
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
101 textos (9843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 21:54)
James Vidal