Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHUVAS DA VIDA

HOJE,
EU ESTOU TÃO TRISTE;
CHUVAS DA VIDA,
VIERAM PARA ME MOLHAR.
ELA,FOI EMBORA,
DIZENDO, QUE NÃO IA MAIS VOLTAR.
ATÉ MEU CÃO,FICOU SENTIDO.
QUANDO CHEGUEI EM CASA NEM ME FESTEJOU!
ME SINTO,COMO UM BARCO PERDIDO,
QUE NA TEMPESTADE NAUFRAGOU.
EU, AVISEI TANTO A ELA,
QUE, NÃO DESSE OUVIDO A NINGUEM!
TEM GENTE,QUE SENTE IMENSO PRAZER,
EM VER O MAL,ONDE ESTÁ TUDO BEM!
SE ALGUEM!
POR ACASO A ENCONTRAR,
DIGA PRA ELA,O QUE  RESTOU DE MIM!
TALVEZ,ELA POSSA PRA CASA VOLTAR,
E ESTA, TEMPESTADE,TER UM FIM!!!

                   VALERIO


valerio
Enviado por valerio em 12/10/2007
Código do texto: T691800
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
valerio
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
14 textos (444 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 12:43)
valerio