Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor manso

Coisas que aprendi com o tempo
Foi gostar mesmo de ti
A tua lembrança é um prazer
Seus abraços são asas que envolve
Agradável como uma brisa
Imagino...
Qualquer fato romântico
És mesmo um apaixonante
Que me sejas  em mim próprio
Porque me exaltas e entreténs
Ocupas minha alma
Movendo-me  em silêncio
Apenas te construo em mim
Uma e outra vez...
Nunca o esmaecer
Teu rosto como brisa
Inspira-me...
Há momentos em que te conduzo
Para os sonhos mais bonitos
Secretos onde te vejo
Ao meu lado como se estivesses mesmo
Ali,  deixando que me faças
Olhar-te longamente
Olhar adocicado
Te  desejo...
Acima de tudo, enterneces-me
Amor manso  me reconhece
O tempo  não amanhece
Nós dois num recomeço...

Si Lenciosa Mente
Enviado por Si Lenciosa Mente em 13/10/2007
Código do texto: T692136

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Si Lenciosa Mente
Cubatão - São Paulo - Brasil
37 textos (3095 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:11)