Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou Eu

Sou eu

Silencia a ância da alma
acalenta o tremor do corpo
retorna a lucidez de tua visão.
Acalma teu eu que jaz na horizontal.
Sente o perfume que exala de meu corpo.
O sussurro de meu lábios a procura dos teus.
Ouça, a mansa brisa que balança tuas cortinas.
Relaxa em teu leito, abre lentamente
teu olhos e veja o brilho do meu olhar
ao encontro dos teus iluminados
pelo brilho da lua, parceira e cúmplice
de nossa amor.
Vim para te ter em meus braços
afagar a saudade que bate forte em
meu peito.
Cubra-te  e silencia
em meu braços, adormece.
Amanhã o dia surgira com novas emoções.
Repousa...
Repousa...
Repousa...

Paulo Mello
20.09.07

Paulo Mello
Enviado por Paulo Mello em 13/10/2007
Código do texto: T692259
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 63 anos
446 textos (11378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 13:10)
Paulo Mello