Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque estou só

Porque estou só?

Porque o meu destino assim o quis.
Relegado tristemente na rua
e sem poder ao menos ser feliz.
Eu sou como o sol e tu como a lua.

Porque estou só?

Tal como os velhos lobos da serra,
uivando poemas, de flores singelas;
Já cansado e prostrado por terra,
muito farto de lutas e querelas.

Porque estou só?

Porque o mar separa a minha vida,
semeando o caos no meu pensamento.
Sonho na minha ilusão perdida,
rugindo de louco… o meu lamento.

Porque estou só?

Porque desse mar… apenas sobejo.
Desejei apenas para mim amor…
A divina graça de um simples beijo;
Nesse mar dilacerei minha dor.

Porque estou só?

Foi sonho a nau que por mim passou,
ecoam meus gritos na Costa Norte.
Em neblina a nau se dissipou,
fiquei só… foi ditada a minha sorte.
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 13/10/2007
Reeditado em 13/10/2007
Código do texto: T693218
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20533 leituras)
71 áudios (5426 audições)
5 e-livros (1758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:19)
António Zumaia