Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ME DEIXE EM PAZ

SOU UM POETA CALADO
NÃO FALO MUITO
ESCREVO POUCO
PONHO NO PAPEL
APENAS UM PUNHADO DE PALAVRAS
QUE TALVEZ NÃO FAÇAM SENTIDO

NÃO TENHO O DOM DA ORATÓRIA
NESTAS LINHAS ECONÔMICAS
RABISCO UM CASTELO MÁGICO
MAS QUANDO ACORDO DE MANHÃ
ESQUEÇO TODOS OS SONHOS

SENTIMENTO É TUDO AQUILO
QUE A DOR ESCONDE
CORPOS ENTERRADOS NO MEIO DO MATO
CARTAS JOGADAS NA BEIRA DO MAR
FOTOS QUEIMADAS NA CHURRASQUEIRA

EM TUDO EXISTE O AMOR
PORÉM APENAS UM MENTE ABERTA
OUVE E PROCURA
A MENSAGEM DO CORAÇÃO
QUE SE OCULTA NA NOITE DOS DEUSES

SOU UM POETA CALADO
carlos assis
Enviado por carlos assis em 14/10/2007
Código do texto: T694213
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos assis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
3123 textos (127744 leituras)
3 e-livros (36 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:10)
carlos assis