Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando te vi

Desatei o nó da garganta
Quando então te vi chegar
Como pássaro que canta
Comecei a solfejar

Num tempo contei a vida
Do tempo de esperar
Felicidade pedida
Assim que te vi chegar

Do coração, bobo riso
A paixão que se afina
No desejo sem juízo
Refletido na retina
J F Lisboa
Enviado por J F Lisboa em 16/10/2007
Código do texto: T696414

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J F Lisboa
São Paulo - São Paulo - Brasil
26 textos (1047 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:36)