Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abraço Proibido

Nele negas tua alma
Fazes bronze impenetrável teu corpo
Resistindo ao derramar do meu afago

Afago que te negas
Temes o quê?!
Gostar e querer sempre?
Foges do que, sem desejar, desejas...

Desejas desejar somente o Supremo,
Supremo?!
Quem é este que  nenhuma alma do mundo compreende?
Sufocas a si mesmo dentro de ti,
Fizestes do teu corpo o teu próprio sarcófago!

Sarcófago cujo interior abriga um coração faminto
Que teus olhos não conseguem ocultar,
Monge enclausurado penitenciando sem causa
Às vezes um suspiro de agonia
Outras um gemido de dor

Dor que te impusestes por escolha!
Até quando resistirás nesse inverno?
As flores das Tentações são tão belas!
Ops! Das Estações...




Loba Luares Líricos
Enviado por Loba Luares Líricos em 17/10/2007
Reeditado em 25/10/2010
Código do texto: T698192

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Loba Luares Líricos
Ponta Grossa - Paraná - Brasil
32 textos (2162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:26)
Loba Luares Líricos