Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O OUTRO ARLEQUIM

Conta-me a tua história, ó pálido e tristonho
Arlequim, que hoje tens a vida amargurada...
Que é do teu lindo amor, que, assim como o meu sonho,
não passou de castelo erguido sobre o nada?

Que é feito da ilusão que te levou, risonho,
a crer no grande amor da mulher mais amada?
Sei do teu desengano - esse golpe medonho,
doloroso e mortal, de funda punhalada!...

Tenho pena de ti... Lamento a tua sina...
Mas, quem que te roubou o amor de Colombina,
fazendo de Arlequim um dos Pierrôs magoados?

E Arlequim respondeu, cabisbaixo e indefeso:
- É meu sério rival um português obeso,
dono de um armazém de secos e molhados...

NTT.
Bergamota
Enviado por Bergamota em 10/11/2005
Código do texto: T69884
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bergamota
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 121 anos
104 textos (3804 leituras)
4 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:13)
Bergamota