Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero gente

Quero gente... gente que é gente para sentir!
Mais que conversar, poder expressar o recôndito mais profundo dos sentimentos,
Esquivando-se do receio receioso...
Das dúvidas tácitas
E das esperanças que se esvaecem em concretudes vãs.
Gente que chore, que sinta...
Que saiba sentir o lado mais divinal e belo da vida,
Quando nem sempre a vida dispõe a nos dar.
Gente que sente... gente da gente!
Gente que durma, sonhando com a gente...
Gente com amizade amiga... sensibilidade sincera.
Gente de decisão, sim!
Mas sem perder em nenhum momento a ternura
Que por vezes a estrada espinhosa da vida
Tenta impingir a nós,
Perdendo a motivação mais sincera de amar,
Crescer e viver com quem se tem de especial.
Quero gente... gente com vida, com ternura
E que saiba dar guarida
Quando o mais cômodo é se guardar...
Quero gente... gente pra sempre
Alegrando-se de forma bem contente,
Apagando receitas ou regras de como ser feliz.
Gente sensível, que da subjetividade, da criatividade e da intuição
Faz deste amor o amor mais vivo
Que nem sempre é possível se achar.
Por isso, sendo gente, quero gente assim...
Mas bem assim... em comunhão sem fim!
Wendel Pinheiro
Enviado por Wendel Pinheiro em 18/10/2007
Código do texto: T700026
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wendel Pinheiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wendel Pinheiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
270 textos (53964 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:26)
Wendel Pinheiro