Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O garoto que queria abraçar o mundo

Um garoto.
Era o que ele, já homem feito, era.
Era, mas não sabia,
Era um garoto, todavia.

O tempo pra ele, não passou,
Pois era grande sua vontade, de viver.
O mundo, modificou-se totalmente,
Mas em sua mente,
Sonhos, povoavam, de repente.

O garoto, triste se sentia,
Quando sozinho, se via,
Chorava em silêncio suas dores,
Cores, rumores, amores.

Tentava abraçar o mundo, com seu sorriso,
Pensava, existir um paraíso,
Mas ao tentar, abraçar o mundo, toda vez,
Não conseguia...
Ficava triste outra vez.

Passava seus dias, com seus livros,
Inventando, pra si, o mundo perfeito.
Não conseguia notar, que ao seu lado,
Seu anjo lhe reservava, o que tinha direito.

Nunca dantes, se sentira tão fraco,
Tão sem forças pra lutar,
Suas pernas, já fracas, e cansadas,
Perderam a vontade de caminhar.
Volta o garoto a chorar...

O tempo, cruel, como a morte,
Fez do garoto-homem, com sorte.
Tinha tudo o que não precisava,
O mundo...e dele se esquivava.

O garoto, sem querer, sonhava,
Lágrimas sem fim,
De seus olhos brotava.
Queria abraçar o mundo, e não podia,
Tinha que viver a vida, mas não queria.

Reservando o destino, surpresas,
O garoto, resignado,
Resolveu deixar sua tristeza de lado.
Decidiu, viver sua vida calado.

Mas um dia, tudo muda.
O garoto, mudou como o dia.
E o mundo abismado,
Seu abraço recebia.
Lágrimas...de alegria.

O contador conta a história,
Que do garoto, nada mais se sabe,
Apenas memória.
O que se teve, certeza realmente,
É que ele, saboreou a vitória.

-- Escrita em 04/01/2002 --
Flávia Jobstraibizer
Enviado por Flávia Jobstraibizer em 11/11/2005
Código do texto: T70005
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flávia Jobstraibizer
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (52168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:18)
Flávia Jobstraibizer