Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENCONTREI O AMOR POR ACASO

Ah, eu vi o amor...
Vibrante, de repente...
Desfilou por entre mesas,
por rostos indiferentes,
e corpos de chama acesa,

A música tocou suave,
copos brindaram em tintins....
No ar perfume leve,
no meio do bar em frenesim,
amantes flutuam sem traves.

Ah, eu vi o amor, sim,
bêbado de euforia,
corações aos pulos,
olhos extasiados,
excitado, ele sorria

Mãos entrelaçadas
incontidas no ardor
risos sem caber nas bocas...
Os beijos, tão doces!
Momento encantador....

Corpos unidos,
abusados
em plena festa,
mostrou-se...
Ninguém esperava por esta.

Ah, eu vi o amor,
beleza esparramada,
um cortejador,
em suas artes,
pareceu um beija-flor...

Soninha Porto Poemas
Enviado por Soninha Porto Poemas em 19/10/2007
Código do texto: T700521

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos reservados à autora Soninha Ferraresi Porto®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Soninha Porto Poemas
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
293 textos (16630 leituras)
1 áudios (61 audições)
18 e-livros (1748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:26)
Soninha Porto Poemas