Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS...AMOR!

Paixão ardente
Amor tão quente
Sangue efervescente
Amor real!
Amor vadio
Em tempo frio
Delírio total !
Em chama acesa
E sem frieza
Ou rigidez.
Bendita seja
A realeza
Que assim o fez!
Grande vitória
Com toda a glória
Um amor eterno.
E na memória
Da nossa história
O Amor materno!
O Amor dos pais
Não esqueço jamais
Na minha vida.
Essa afeição
Em meu coração
Será repartida!
Por pobres mendigos
Que na escuruidão
Não têm amigos
Não vêem o pão!
Acto de Esperança
Numa criança
Sem fome e dor
É Deus mensageiro
No mundo inteiro
Da Paz...do Amor!




O Poeta Alentejano
Enviado por O Poeta Alentejano em 20/10/2007
Código do texto: T702456
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Poeta Alentejano
Portugal, 50 anos
855 textos (13800 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:22)
O Poeta Alentejano