Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minhas fantasias

Minhas fantasias
by Cel
 
Como bolhas d´água de sabão sopradas
eu as vejo subindo, fluindo, com o vento
como se ainda eu vivesse momentos
passados, soterrados, no tempo ...
Ninguém acredita, quando baixo a vista
e fico a olhar para o chão, emoção,
ao meu lado, esvoaçam
folhas queimadas de outono, que voam
como se quisessem despertar meu coração ...
Talvez queiram me mostrar
quão passada estou
e despertar meus momentos
e me fazer ver que o tempo, passou ...
Minhas fantasias, se foram
eu já não tenho sequer alegria
meu sorriso em minha boca murchou ...
É como noite de Natal,
um Papai Noel que voce espera e que nunca vem
voce ve muita coisa bonita, se encanta
e vai dormir infeliz ...
Fantasias ...
é voce despertar feliz,
achar que vai comer pão fresco
e engulir pão "durmido" ...
 
*** Labirintos da Alma ***
Cel  (Cecília Carvalho)
 
Cel
Enviado por Cel em 22/10/2007
Código do texto: T704632

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cel
Ilhéus - Bahia - Brasil
10 textos (191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:19)