Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cruel Sociedade

O amor o amar
O que são?

O amar... Seria mais fácil de responder
Mas amor, amar, ser amado, amar alguém
De onde tudo isso vem?

Do amor é claro
O amor... Não sabemos o que é
Descrevemos suas sensações
Diferentes entre todos
Similares entre alguns

Confusões de sentimentos
Êxtase em momentos

Momentos estes que nos levam a
Loucura, que nos fazem fazer
Coisas que na lucidez de nosso cotidiano
Seriam inimagináveis

Cotidiano... Nossas vidas corridas
Passam despercebidas diante
Das vidas dos outros
Que são tão rápidas e agitadas
Que um mendigo na rua não desperta
Piedade sequer um pingo de remorso
Mas desperta nojo e medo

Medo do ser angustiado
Injustiçado que a sociedade
Sem amor, sem o amar
Criou

Este ser que sem escolha foi jogado na sarjeta
Foi deixado de lado na sociedade, da vida
De todos

O medo e a raiva do mundo foram impregnados
Nele sem que este tivesse ao menos forças para lutar

Onde está o amor, amar, ser amado
AMAR ALGUÉM

O amor... É o que eu e todos dizemos
E ninguém sabe o que diz.

22/10/07
Arya
Enviado por Arya em 22/10/2007
Reeditado em 19/10/2010
Código do texto: T705465

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arya
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
94 textos (3706 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 10:22)
Arya