Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ECOS DE DOR
 
Quero fugir de ti, meu Deus, cadê coragem
Para esquecer do amor vivido intensamente?
A tua imagem vive presa a minha mente
Como se fora uma extensa e linda tatuagem.
 
Tentei até jogar no lixo o que foi teu;
- Cartas, fotografias, perfumes, calcinhas...
Porém pra te arrancar das recordações minhas
Teria antes de tudo que matar “meu eu”.
 
Não vou pedir aos céus que diminua o peso
Do fardo que eu carrego e que me mantém teso
Em cada região cruel dos meus escombros...
 
Eu quero ao menos força pra sobreviver
E como sei que nunca eu hei de te esquecer,
Que ao menos eu suporte essa carga nos ombros.
 
 
Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 23/10/2007
Código do texto: T706457

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 00:27)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor