Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PAZ QUE LHE DOU

Eu pensei que ele fosse me convencer a não amá-lo
E a verdade é que eu o amei ainda mais
Vê-lo era se deparar com um sonho ainda fervendo
Tê-lo era uma vontade única nesse peito sedento
Amar, amar era só o que eu queria e, por ele, ser amada
Como o desejei naquele instante
mesmo sabendo que eu não o podia ter
E por isso eu não me aproximei
Apenas ouvi, o olhei... Mas queria profundamente
daqueles lábios o beijo
daqueles olhos desejo
Que vontade de tê-lo como antes nunca quis
Que vontade de o ter como nunca tive
Aquele foi o melhor instante que ao seu lado pude ter
Aquele abraço foi o melhor que eu já ousei pensar em receber
Como eu não queria dele me separar
Como desejaria não dar adeus aquele olhar
E é absurdo como é grande esse meu amar!
Mas, definitivamente, decidi deixá-lo em paz.
Andressa Le Savoldi
Enviado por Andressa Le Savoldi em 24/10/2007
Reeditado em 24/10/2007
Código do texto: T708541

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Andressa Le Savoldi"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andressa Le Savoldi
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
53 textos (11653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:52)
Andressa Le Savoldi