Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor e eu

O amor e eu.

Ele chegou de repente,
me tocou de leve,
mansamente,
com cautela,
respeito,
com prudência e
determinação.
Ao nascer do sol,
mostrou-se para mim,
ao entardecer,
invadiu o meu ser e
ao brilhar da lua,
possuiu-me com volúpia e majestosamente me deixou
embebida de si.
Como ele é?
É lindo,
brilhante,
sensual,
verdadeiro,
magnífico mesmo,
de uma grandeza incontestável.
O que ele faz?
Faz-me sensível,
linda,
mulher,
faz-me feliz.
De onde ele é?
Do universo,
do mundo,
da vida,
do cidadão,
do homem,
da mulher.
Quem ele é?
É indiscutivelmente o responsável pelo movimento do mundo,
da vida,
das relações,
dos seres vivos,
de mim, de você,
de nós.
È o amor,
ele é lindo,
transforma pessoas.
Sem amor
não há beleza,
tudo depende do amor.

Ângela Morais
Ângela Morais
Enviado por Ângela Morais em 24/10/2007
Código do texto: T708642

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ângela Morais
Paragominas - Pará - Brasil, 44 anos
16 textos (753 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 17:09)
Ângela Morais