Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você

Hoje estou meio nada
Só querendo ser amada.
Maio tola, atoa
Apenas te querendo.
Confusa
Não encontro as palavras certas
Tudo parece virado
A cabeça gira
E pára sempre no mesmo lugar
No único lugar que queria estar.
Busco pensamentos, tento escrever poemas diferentes
Mas sempre paro na mesma palavra:
Você.
Estás inebriado em tudo
Tudo é você ... você... você...
E eu fico aqui sem saber o que fazer
A não ser pensar em você
E escrever poemas ridículos impregnado
Da palavra você.
Agora vou escrever...
Ou melhor,
Vou pensar em ... Você.
Virginia de Santana
Enviado por Virginia de Santana em 26/10/2007
Código do texto: T710658
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Virginia de Santana
Anísio de Abreu - Piauí - Brasil, 36 anos
192 textos (35207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:40)
Virginia de Santana