Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contando ao Vento


Contando ao Vento

Ah, bem sei que sabes o quanto te amo.
Se corro entre ruas, avenidas ou alamedas
comigo estas sempre.
Pode o vento soprar forte na tentativa de
afastar meus pensamento, embaralhar.
Acho até que é ciúme dele.
Não, ele não irá conseguir, a força do
amor é maior e nada permitirá que eu
te esqueça.
Se corro pelas rua não é para esquece-la e
sim para exaltar nosso amor.
Preciso que muitos saibam do tanto que
te quero.
A árvore,
A flor,
O parque,
O pipoqueiro,
Aquele velho banco junto ao lago com nossas
iniciais no jardim florido.
Deixo que o vento me carregue somente assim
posso declarar a todos o meu amor por ti.
Não posso mais ficar sufocado
Me carregue vento, vou
contar a todos que estou amando.
Seu nome ?
Ainda não posso revelar,
Saibam apenas, que estou amando, e
como é maravilhoso amar.

Paulo Mello
12.10.07
Paulo Mello
Enviado por Paulo Mello em 30/10/2007
Código do texto: T715854
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 63 anos
446 textos (11382 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 11:01)
Paulo Mello