Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De paixão

De paixão

Sei contar nos dedos os idos anos que vivi.
Sei falar dos planos que, em devaneios traço por futuro.

Sei guardar segredos dos mais bobos até os mais obscuros...
Sei andar sem rumo nem norte,
Mesmo tendo nas mãos o mapa
Que me envereda sempre pro meu forte...

Sei de carinho, amor e sorte. Mas, de repente, certa de tanto saber
Me vi assustadoramente surpresa por não
Poder explicar ou delimitar
O exato momento que comecei a te amar.

Você é o acaso que se faz fato; o fato
Que se fez vida

Minha dose de desordem e harmonia
Meu descompasso em sintonia
Meu raciocínio sem lógica
Minha razão e alegria

Te amo.

                                            Analúcia Azevedo. 2004.


Analúcia Azevedo
Enviado por Analúcia Azevedo em 31/10/2007
Código do texto: T717077
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Analúcia Azevedo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
127 textos (12428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 20:51)
Analúcia Azevedo