Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sedução





Ninguém se cura assim
de um eterno amor errante
Ninguém sai impune
da brincadeira perigosa
dos sentimentos flamejantes
Por mais enlevada a ação
de cobiçar as grutas
do coração alheio
As pegadas, o açoite, o grileiro.
A revelar
em noite fria...
Lágrimas arrependidas
ao travesseiro.
Jaqueline Serávia
Enviado por Jaqueline Serávia em 02/11/2007
Código do texto: T720212

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jaqueline Serávia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
233 textos (6465 leituras)
1 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 15:51)
Jaqueline Serávia