Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Silencio...

Houve a chance, e você se calou...

E ao fazê-lo, “tudo disse”...

Sorriu me beijou, mas calou-se...

E eu ansiosa, esperando...

Fingindo que não sonhei ouvir de você,

As doces palavras que mudariam tudo...

Tudo bem. Esquece. Foi besteira minha.

Vejo que a adolescente absolutamente impulsiva,

Continua bem viva, dentro de mim...

O que eu esperava afinal?

Que você me tomasse em seus braços,

E olhando-me nos olhos, dissesse: “Eu te amo?”

Você teve tantas chances de fazê-lo...

Eu sempre estive aqui disponível,

A esperar e esperar...

Mas hoje a espera terminou.

Teu silencio foi eloqüente...

Libertou-me e mostrou tanta coisa...

Você deseja e eu amo,

Você se esconde e eu demonstro,

Eu sou toda emoção, você é razão

Eu sou palavras e você ... 

“É silencio...”



*poema resgatado dos meus cadernos de adolescente

Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 16/11/2005
Reeditado em 30/04/2013
Código do texto: T72299
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164681 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:49)
Carinhosa