Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema ao meu amor

Tu és carinho e vida,
a razão do meu viver;
Saras-me qualquer ferida,
que um dia possa sofrer.

É na luz do teu olhar,
o mar longo onde me banho;
Nas ondas da praia-mar,
é amor desse tamanho.

Minha bela deusa Lua,
ao Olimpo a fui roubar…
Assim tão pura e tão nua,
percorrendo o nosso mar.

Seremos loucos de amor,
perdidos na ventania…
Quero pétalas de flor,
na mais bela melodia.

Perdoa amar-te assim,
querer-te minha também;
O não estares perto de mim,
faz-me perdido no além…

Sou velas soltas no mar,
arribas dos meus desejos.
Ser-me em ti… é navegar,
num mar que é pleno de beijos.
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 06/11/2007
Código do texto: T726349

Áudio
Poema ao meu amor - António Zumaia
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20518 leituras)
71 áudios (5426 audições)
5 e-livros (1757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:20)
António Zumaia