Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Beijo salgado

A respiração foge ao controle
o coração bate acelerado

fuja,corra e saia
não fique aqui parado

medo, por que?
era para ser tão simples

seus olhos fogem ao meu
os negros de seus cabelos tingem

seus medos suas paixões
suas canções e razões

tudo pela sua cor tingido
que segue seu coração

nunca me viu como homem
nem ao menos me viu

e agora parado frente-a-frente
você parece que minhas palavras não ouviu

disparo de forma desordenada
meu coração a dentro

vejo que você
ainda tira minha cabeça de centro

após cinco anos de intenso sentimento
você decide olhar em meus olhos

deixando a infância
lembrando meus sonhos

vejo-a se aproximar
e com o salgado gosto das lágrimas me beijar

novamente acordo sozinho
e seu nome incessantemente a pronunciar
Sem Nomes
Enviado por Sem Nomes em 08/11/2007
Reeditado em 17/05/2009
Código do texto: T728821
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sem Nomes
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 29 anos
113 textos (4556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:21)
Sem Nomes