Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CILADA!

O destino nos deixou cara a cara!
Não pude reagir, caí numa cilada...
Sou mulher-paixão, a tua jóia rara,
Reflexo do teu eu, louca, apaixonada!

Espelho de mim mesma, sou a tua cara!
Dona do teu mundo, escrava do teu amor...
Viajei no teu céu, caiu a minha máscara,
Revelei-te os meus segredos, grande dor!

Nem me dei conta, ri o teu riso!
Perdi a conta, enxuguei o teu pranto!
Flutuei nas ondas do teu sorriso
Sem perceber sucumbi ao teu encanto!

És um paradoxo... Antídoto e veneno!
Castidade e luxúria, inocência e sedução...
Às vezes doce menino, às vezes obsceno!
Já não sei mais de mim, morri de paixão!

Ana Joaquina
Enviado por Ana Joaquina em 09/11/2007
Reeditado em 19/11/2007
Código do texto: T730349

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Joaquina de Oliveira Cruz). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Joaquina
São Luís - Maranhão - Brasil
573 textos (97113 leituras)
1 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 04:19)
Ana Joaquina