Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AH MOCIDADE!

AH MOCIDADE!

Quem dera fosse dela o amante
Ou um bicho de pelúcia tão macio
A esconder na inocência meu cio
Quem dera beijar tão suave boca
E aos gemidos deixá-la louca
Por ela até o sol se levanta...
Pudesse despi-la do traje de santa
Amassá-la com meu corpo viril...
Em pensares tantos, quedei-me senil
Ah mocidade! Só tu agüentas!
Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 10/11/2007
Código do texto: T731535
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17575 leituras)
7 áudios (417 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:23)
Tânia Mara Camargo