Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BRILHO DE UM OLHAR

O meu olhar se encantou,
com o brilho que teus olhos tem,
e o meu coração ti amou,
como nunca amou ninguém!

O sonho ,mundo real que convém,
limitou meu coração ,
a ser teu  nos ares da escravidão,
como nunca foi de ninguém!

E o meu olhar que ti procurava,
buscando -ti muito além,
em qualquer canto ti achava,
como nunca achou ninguém!

E, assim o tempo passou,
e a vida cansada também,
e  se queres saber como estou,
olha-me  ...  mas olha-te bem,
pois o amor, o tempo por ti deixou,
como nunca deixou pra ninguém!


Vilma Eugenio
Enviado por Vilma Eugenio em 12/11/2007
Reeditado em 10/03/2011
Código do texto: T734659

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vilma Eugenio
São Simão - São Paulo - Brasil
36 textos (1589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:15)