Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOCE VENENO

Doce Veneno
Neuza Maria Spínola


Sou apenas o teu doce veneno,
Quente, que corre pelas tuas veias,
Que traz um prazer, doce ameaça,
Num gozo doido de fumaça.

Meu doce veneno está no olhar,
No sorriso que te faz suspirar,
Em tudo, em que hoje aventuras,
Só fiquem as saudades futuras.

É disto que o meu amor precisa,
O que aguça um paladar sensível;
Não deve ser como o perfume,
Que se esvai, quando o olfato acostuma.

Os beijos descem quentes, devagarinho,
Tonteiam como gostoso vinho,
Esqueçamos de tudo, nos carinhos,
Até do que ficou perdido no caminho.

Há nos sentidos, um lânguido abandono,
Como o vinho que aos poucos embriaga,
Seremos céu, sol, luz, vida,
Naquelas horas, só de amor, tão bem vividas.

Poema publicado no Recanto das Letras em 12/11/2007

ACESSE O VÍDEÓ POEMA ATRAVÉS DO LINK ABAIXO:-
http://www.youtube.com/watch?v=sER2L4cu8NE

Visite também o meu blog pessoal, todo ilustrado e com álbum de fotos
www.spinolapoesias.spaces.live.com
Direitos autorais registrados e reservados.
DO LIVRO- O VERSO E O POEMA

Neuza Maria Spínola
Enviado por Neuza Maria Spínola em 12/11/2007
Reeditado em 18/05/2016
Código do texto: T734728
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neuza Maria Spínola
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
227 textos (156903 leituras)
108 e-livros (6451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 19:44)
Neuza Maria Spínola